NOTÍCIAS

Finais felizes

August 4, 2019

Por Ava

Tradução de Orlando Silva

 

Eu recentemente assisti a uma popular série de TV e, ao final, todas as tramas desenvolvidas durante aquele episódio foram resolvidas. Terminou todo mundo a se abraçar, sorrir e chorar de alegria por conta da solução dos problemas e das reconciliações.  

 

Quando criança, eu acreditava em finais felizes porque eu queria que os contos de fadas fossem um reflexo da realidade. Enfim, eu acreditava que a vida pudesse repercutir a ficção e terminar como os filmes de Hollywood. No entanto, minha crença em finais felizes, hoje em dia, não se baseia em filmes. Ao contrário, é baseada no encantamento/felicidade que Deus nos promete ter no Seu Reino, por toda a eternidade. Há, na verdade, uma “utopia” a espera daqueles que servem ao Senhor: não haverá dor, tristeza ou conflitos de qualquer ordem. Quando morrermos, e vivermos na eternidade, será uma alegria tão intensa que nossas mentes não podem ter, nessa vida, condições de conceber esse júbilo, em toda a sua complexidade e beleza.

 

Ah! Sim, eu acredito em finais felizes.  Essa verdade, tem sido minha esperança e tem me ajudado a lidar com as frequentes inconstâncias dessa jornada chamada vida.

 

Há dois meses eu voltei para casa. Depois de dois anos de engajamento com a OM. Embora eu esteja adorando conviver com minha família, e amigos, o processo de adaptação tem sido mais difícil do que eu esperava. Mesmo assim, tenho comido tudo aquilo que eu mais gosto, ido aos meus lugares preferidos e visitado e conhecido outros novos.

 

No entanto, o que eu não consigo entender são: mudanças que me fazem sentir como um estrangeiro em minha própria cidade, costumes familiares dos quais eu sinto falta, perceber que a vida de meus amigos progride enquanto a minha estagna-se e dúvidas pessoais por não saber onde eu me encaixo, em tudo isso, agora.

 

Essas coisas tiveram um efeito mais negativo do que que eu poderia imaginar. Sentimentos como ‘feliz por estar em casa’ ou ainda “Essa é minha casa? ’ perturbavam-me todos os dias. Estar em casa já não me fazia sentir à vontade, mas muito desconfortável. Tudo isso fez-me questionar como eu lidaria com todas essas questões.

 

Nas minhas conversas com os amigos, sempre surgiam questionamentos de como comprar um imóvel, encontrar lugares seguros para se viver, ter uma família, viagens, gerenciamento financeiro ou carreiras lucrativas. Enquanto eu tentava ter soluções para esses temas, lá no fundo, eu pensava: Não posso mais resolver esses questionamentos do mesmo jeito que eles fazem.

 

Sim, eu estou naquela estranha e cansativa fase de aprender a dizer ‘Olá! ’ e ‘Até Logo! ’ o tempo todo. Tenho, no entanto, aprendido a me acostumar e, a me sentir em casa, onde quer que eu esteja, embora, quando, finalmente, me adapto, talvez, uma vez mais, já seja hora de partir novamente. Sim, tudo isso me incomoda, mas minha confiança em “final feliz” mantêm-me alerta e focado nos meus objetivos e missão.

 

“Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça. “ 2 Pedro 3:13

 

Muitas pessoas que trabalham com discipulado, no campo missionário, são acometidas, não raro, por dificuldades que parecem intransponíveis. Ficamos desapontados quando não podemos ver vidas serem transformadas, nos frustramos com as mazelas sociais e tráfico humano. Também, sofremos pelos crentes que são constantemente perseguidos e mortos por conta de sua fé. Tudo isso nos choca. Além disso lidamos com nossos desafios particulares, seja com saúde, finanças ou problemas com relacionamento. Essas coisas testam nossa fé. Ou seja, nossa fé em Deus é repetidamente testada e isso nos leva a imaginar: “Onde está Deus? O que Ele está fazendo? “ Nosso andar cansado pelo campo de batalha chamado de “vida na terra “, no entanto, pode, na verdade, nos distrair da fé que nós temos em Jesus Cristo, nosso abençoado Salvador, e da maravilhosa eternidade que nos espera.

 

“E eu ouvi uma voz a clamar do trono, a dizer: 'Veja! A morada de Deus, é agora entre o povo, e Ele habitará com eles. Eles serão seu povo e Deus, em pessoa, estará com eles e será seu Deus.' Ele secará toda lágrima de seus olhos. Não haverá mais morte, lamentações, choro ou dor por que o que era velho se fez novo. Ele que estava sentado no trono disse, estou a fazer tudo novo!     Então ele disse, ‘E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

 

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis." – Apocalipse 21:3-5

Não importa o que enfrentemos no campo missionário ou em nossas vidas pessoais, a verdade de que todo sofrimento, um dia, terá um fim, deveria nos alegrar durante os dias conturbados e tristes. Sobretudo, deveria nos dar forças para não desistirmos da missão durante os dias confusos e turbulentos nos quais nos sentirmos enfraquecidos e sem Paz.

 

Enquanto eu assistia àquele programa de TV, eu não sabia como o episódio iria terminar. Posso não ter gostado de tudo que vi, mas assisti até o final. Como seguidores de Jesus, não devemos viver com desconfiança ou incertezas. Temos a confirmação da salvação por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo e isso nos assegura que podemos ter absoluta certeza de como nossa vida vai terminar, ou melhor, continuar na vida eterna com Jesus. 

 

Em virtude disso, podemos crer em finais felizes. Um fim que começa no Reino de Deus.

 

Ava, do Caribe, odeia escrever, mas gostou de ter escrito, pois foi a voz poderosa de Deus por meio do texto. Ela adora planejar o futuro, enquanto discorre sobre o passado, a tomar uma xícara de chá quente com biscoitos.

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

December 14, 2019