NOTÍCIAS

Mil missionários muçulmanos

June 29, 2019

Por Nicole James

Tradução de João Marcos Hansen

 

“Estou tão empolgado por Deus trabalhar poderosamente na Argélia. Você pode ter ouvido sobre reavivamento; você pode ter ouvido sobre pessoas se convertendo... Mas quando você está lá e vê por si próprio, então se lembrará que Deus é tão poderoso,” Hee Tee disse. Em 1988, ela e seu marido, Youssef, Líder de Campo da OM na Argélia, retornaram ao seu país nativo para serem pioneiros em ministérios de plantação de igreja e discipulado ali.

 

Agora, com igrejas cheias e milhares de pessoas se convertendo, o casal reconhece uma nova necessidade: os cristãos da Argélia sabem sobre Jesus, mas não sabem sobre missões.

 

Argelianos para Missões, a nova paixão ministerial de Youssef e Hee Tee, busca enviar mil argelianos para missões até 2025 dentro da Argélia e além. Até o final de 2018, Youssef relatou que 130 argelianos já haviam sido enviados em viagens de curto prazo.

 

Para facilitar esse processo, Youssef e Hee Tee promoveram, levantaram fundos e supervisionaram a construção de um novo centro de treinamento missionário: a Escola Missionária Timóteo. “Aquele prédio, pelo que sei, é o primeiro em todo o Oriente Médio e Norte da África que recruta cristãos com histórico muçulmano, os treina e envia para missões,” afirmou Youssef.

 

Eles inauguraram o prédio em dezembro de 2017 e começaram a usá-lo imediatamente. “Quando terminamos o prédio de missões, convidamos todos os trabalhadores da construção para entrarem e compartilhamos do evangelho com todos eles (cristãos e muçulmanos) e agora, vários deles querem vir para a igreja,” disse Youssef.

 

Com 18 quartos e três apartamentos, o prédio pode acomodar cerca de 72 alunos. Apesar das paredes ainda precisarem ser pintadas, os pisos assentados, a ligação dos aquecedores e do gás para completar e o jardim para organizar, o espaço já está sendo uma benção para a comunidade. As pessoas param regularmente no centro para oração e cuidado pastoral durante a semana, culminando em jejum e oração toda sexta. “Oração e libertação são um grande ministério. Muitas pessoas vêm de diferentes históricos, relacionamentos difíceis com os pais, famílias, todo tipo de coisa,” Youssef explicou. “Uma das maiores necessidades é de um lugar seguro onde as pessoas podem vir e se sentir confiante de que há confiança ali. Pela graça de Deus, estamos construindo este lugar.”

 

Entre junho e agosto, o prédio estará disponível para igrejas de toda parte da Argélia para alugar para acampamentos de verão, seminários e retiros - um grande benefício para grupos que antes lutavam para conseguir lugares que alugariam para cristãos.

 

Desenvolver uma escola local de missões não é apenas estratégico, mas também necessário. “É muito difícil conseguir visto para vir para a Argélia, e é muito difícil permanecer como um missionário, então temos que trabalhar com os nacionais,” notou Youssef.

 

A turma inaugural com nove alunos já se formou na Escola Missionária Timóteo em junho de 2018, com um segundo grupo de seis alunos em período integral substituindo-os. Desistentes também são aceitos, então cerca de 15 pessoas geralmente assistem às aulas.

 

“Há um grande potencial para enviar,” disse Youssef. “Eu creio que estamos chegando a um estágio onde estaremos treinando seriamente e de maneira prática e preparando equipes para irem.”

 

Em 2019, equipes argelianas de curto prazo estão se preparando para irem para lugares como a Mauritânia, Tunísia, Líbano e Níger. Vários trabalhadores também irão para a Tunísia para servirem a longo prazo. Um cristão argeliano se juntou ao programa de estágio árabe no Oriente Médio, projetado para preparar pessoas para servir em locais menos alcançados no campo que inclui Líbano, Jordânia, Síria e Iraque. Duas organizações missionárias planejam visitar a Argélia para recrutar dez argelianos para se juntarem a eles no Oriente Médio também.

 

“Verdadeiramente Deus tem um plano especial para a igreja argeliana e Ele tem juntado todas as peças do quebra-cabeças para cumprir o Seu plano,” disse Hee Tee.

 

Louve a Deus pelas muitas portas que Ele tem aberto para argelianos em missões. Por favor, ore para que Ele providencie apoio financeiro para a Escola Missionária Timóteo e para os irmãos e irmãs argelianos dispostos a servirem e outros países.

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019