NOTÍCIAS

“Louco, inspirador e desafiador”

January 10, 2019

Por OM Internacional

Tradução de João Marcos Hansen

 

Duas vans, oito pessoas e seis países visitados para compartilhar do amor de Deus na Europa. Isso resumiu o MDT Ame a Europa deste ano! O Treinamento de Discipulado de Missões (MDT) Ame a Europa é uma experiência de treinamento intensivo oferecida pela OM por seis meses, para preparar pessoas para missões e viajar pela Europa de van. Antes de voltar para casa, as duas equipes se recordaram de seu tempo na Sérvia, Moldávia e Montenegro e compartilharam algumas das experiências que os impactaram.

 

“Para mim, estar num acampamento de refugiados na Sérvia teve alguns momentos muito legais e muitas conversas ótimas. Uma das conexões mais impactantes que pude manter e aprofundar durante as duas semanas foi com um homem que era cristão. Ele teve que fugir do Irã por causa da sua fé. Ele me contou sua história e eu ouvi sobre o seu passado difícil e sua realidade atual no acampamento de refugiados. Pude encorajá-lo e conversar sobre diferentes tópicos que puderam encorajar a nós dois. Olhamos na Bíblia o que Deus fala sobre essas situações. Foi desafiador, mas legal de ver como a sua fé mudou drasticamente a sua vida quando ele escolheu seguir a Jesus acima da sua casa, família e seus confortos anteriores. Louco, inspirador e desafiador para mim ao mesmo tempo!” - Esther (Austrália)

 

“Enquanto viajávamos de um lugar ao outro, nós dormimos uma noite numa cabine na Sérvia. Estava bem frio e tinha uma lareira para aquecer a sala. Nós estávamos aquecidos antes de irmos dormir. Mas de manhã, quando acordei, o fogo tinha apagado e estava congelando. Eu tentei acender o fogo por quase 40 minutos e usei todos os fósforos exceto três. Eu quase desisti, não queria gastar mais fósforos. Então, de repente, percebi que eu deveria orar antes de tentar alguma coisa. Eu orei e usei mais dois palitos de fósforo. Havia apenas mais um. Eu realmente não consegui acender o fogo. Eu pedi a Deus por uma manhã quentinha para nossa equipe. Eu acendi o fósforo e o joguei na lareira. Não foi diferente das outras vezes, mas de repente a lenha começou a queimar! Foi um momento impactante para mim.” - Yujin (Coréia do Sul)

 

“Nosso tempo na Sérvia tem sido bem impactante para mim. Ele realmente me transformou! Eu tive vários momentos importantes nessas duas semanas. Sou grato pelas várias conversas que tive e as histórias que pude ouvir. Algumas delas eram muito pessoais. Apesar disso, pude mostrar Jesus a e eles e encorajá-los. É difícil de encontrar um momento específico, mas eu tive uma conversa onde o homem compartilhou sua vida inteira comigo. A coisa ficou meio emocional, mesmo para ele, mas ele até me contou como tinha se convertido. Isso me encorajou tanto! Essas pessoas passaram por tantas coisas diferentes. Algumas delas tem a esperança em Jesus, outras não. Mas eu amo ver os seus corações nisso, no que elas realmente amam e as suas perguntas. Ao final deste tempo foi difícil dizer adeus para aquele lugar, porque me senti conectado emocionalmente com as pessoas ali.” - Tabea (Alemanha)

 

“Deixamos a cidade de Soroca, na Moldávia na segunda feira e iniciamos nossos três dias de ‘missão de fé.’ Então, basicamente, não tínhamos planos ou coordenadas para ficar em nenhum lugar, só uma área geral de regiões menos alcançadas da Moldávia. Passamos tempo orando e gastamos horas dirigindo por um pequeno vilarejo tentando encontrar alguns cristãos perguntando para as pessoas. Estava nevando bastante e o frio era extremo, mas encontramos uma senhora que estava vivendo numa pequena casa com dois quartos junco com seu filho. Ela estava tão empolgada por nos receber, mas não havia um cômodo para passarmos a noite então ligamos para sua amiga que tinha uma casa maior. Enquanto isso, ela nos deu comida (tivemos que fazer a oração missionária para ela - ‘Senhor eu engulo, o senhor não deixa voltar’). Ela também nos deu compote (um suco caseiro que na verdade é bem gostoso) e pegou emprestado dos vizinhos algumas xícaras para podermos usar. A essa altura eu estava bem mal e pegando um resfriado. Estava febril e com as juntas doloridas. A senhora veio conosco para a casa da sua amiga, mas quando chegamos lá, a porta estava trancada e as luzes apagadas, fingindo que não estavam em casa. Nossa nova amiga estava bem desapontada, mas oramos por ela, a levamos de volta para casa e depois saímos. Acabamos indo para a casa dos pais do nosso interpreto que era bem confortável e caseira. Apesar de ser pequena e não ter água encanada, era um lugar adorável para ficar. Então permanecemos ali todas as noites para nossa missão de fé e visitamos algumas pessoas no mesmo vilarejo. Portanto, experimentamos a provisão de Deus todos os dias dessa campanha de ‘missão de Fé’.” - Tash (Austrália)

 

“Numa quinta feira, fomos a um lugar chamado ‘Adria Center’ em Bar, Montenegro. Eles estavam trabalhando com pessoas que são deficientes. Tivemos um tempo bom ali, brincando. Mas ainda melhor foi as outras duas casas que visitamos neste dia. Em ambas, pudemos compartilhar nossos dons de Deus e adorá-Lo através deles e foi incrível. Pudemos cantar e louvar juntos em uma casa porque a mulher ali ama música. Nós alcançamos através disso. Amamos cantar juntos e, claro, eu pude usar meu violão bastante nessa semana. No outro lugar, fizemos pinturas e desenhos que eram cheios de luzes, cores e significados bíblicos. Ao terminarmos, demos nossas pinturas para a mulher porque ela realmente ama arte. Então em ambos os lugares pudemos abençoá-los.

 

Na sexta, tivemos outra visita numa casa e depois num Café inglês. Na casa, limpamos um quarto bem sujo que estava lotado de lixo. A parte triste é que a mulher que está na cadeira de rodas vive neste quarto. Ninguém tinha limpado o seu quarto antes e realmente dava para notar. No Café inglês, a lição foi sobre dons e talentos e pudemos ajudar. NO fim, nós quatro pudemos cantar dois louvores juntos. Enquanto preparávamos, pudemos ter comunhão em equipe. Depois da lição, tivemos uma conversa boa e profunda com um homem. Ele estava curioso e nos fez várias perguntas boas. A parte legal foi que pudemos compartilhar nossos testemunhos.

 

Depois do Café inglês, tivemos nossa reunião com o líder de equipe de Bar sobre a semana anterior, mas também sobre todo o nosso tempo em Montenegro. Nos sentimos encorajados no final, porque tivemos um tempo muito bom. Nos envolvemos no ministério, tivemos bons lugares para ficar e as pessoas cuidaram de nós. Todos amamos Montenegro. Tem sido algo especial!” - Tabea (Alemanha)

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019