NOTÍCIAS

Concentrado em um

December 4, 2018

Por Rebecca Rempel

Tradução de Rodrigo Mendes

Revisão de João Marcos Hansen

 

“Eu sou alguém que, quando estou discipulando alguém, mesmo que a pessoa diga: 'Ah, hoje eu vou [procurar] mel', eu diria: 'Vamos procurar juntos'. Não gosto de ficar longe daqueles que estou discipulando”, disse o OMer John.

 

John é de uma aldeia predominantemente muçulmana no norte de Moçambique, onde a OM está compartilhando o evangelho e alcançando as pessoas - principalmente através do evangelismo amigo.

 

Atualmente, John está discipulando um jovem muçulmano na aldeia. Os dois homens estavam planejando construir casas, então John decidiu que eles poderiam fazer os tijolos de barro juntos. “Eu disse a ele: 'Vamos fazer os blocos no meu complexo onde a água está perto - eu tenho o buraco. Você usará meu balde, eu trabalharei com você.' Eu disse a ele:' Vamos fazer 5.000 blocos. Depois de queimarmos os blocos, os quebrados serão meus e os inteiros serão para você levar para sua casa.'”

 

Todos os dias, enquanto trabalham - carregando água, misturando a lama, moldando os tijolos e queimando-os -, eles o fazem juntos, proporcionando uma oportunidade para John compartilhar o evangelho. "Nosso capítulo é João", disse John. “Todos os dias eu compartilho. Ele tem muitas perguntas.

 

“[Compartilhar] o evangelho aqui não é o mesmo que [compartilhar] o evangelho [em outras áreas de Moçambique]. A base do evangelho aqui é através de relacionamentos e amizade. Esse processo de construir a amizade é onde a confiança é gerada. É por isso que leva tempo para você compartilhar o evangelho e alguém receber Jesus. Se você for e compartilhar e conversar com [muitas pessoas] sobre Jesus será mais fácil; fale com ele, fale com aquele. Mas um dia você verá todos desaparecerem. Porque um dos ouvintes é um pescador. Outro é um caçador. Outro está procurando por mel. Outro é um fazendeiro. Dessas quatro pessoas, cada uma vai para o seu próprio trabalho… se o pescador for até o rio, você precisa acompanhá-lo até o rio… [com] este evangelismo, você só precisa se concentrar em [uma pessoa]. Isso é discipulado com qualidade. Qualquer dia em que você o liberar, ele irá e fará discípulos.”

 

 

‘Zito, Deus ama você’

 

Zito, também um membro da equipe da OM, foi outro dos discípulos de John. “Quando o evangelismo começou aqui, eu não entendia nada”, disse Zito. "Sempre que eu via um cristão, era como se eu estivesse olhando para um animal muito feroz."

 

Depois que um dos amigos íntimos de Zito se tornou cristão, ele ficou com raiva, achando que seu amigo estava seguindo um absurdo. Um dia, John pediu a Zito para dar uma volta com ele. Zito concordou, enquanto pensava: "ele é meu inimigo, um cristão". Enquanto caminhavam, John fez uma pergunta: Se Deus viesse agora e perguntasse a você se queria a vida eterna, qual seria a sua resposta? Zito não teve resposta e tentou evitar John nos dias seguintes. Na pequena aldeia, ele não teve sucesso e John logo o encontrou para conversar novamente.

 

“[John] disse: 'Zito, Deus ama você'”, lembrou Zito. “Eu perguntei: 'Como você pode dizer que Deus me ama?' Ele disse: 'Deus ama você e Ele quer a sua vida. A única maneira de entrar na presença de Deus é através de Jesus Cristo '”.

 

Zito continuou onde estava, mas John continuou vindo ao seu lado. “Sempre que eu dizia que ia pescar, ele dizia: 'Vamos'. Eu costumava pensar por que esse cara está me pressionando? Então eu decidi que iria para [igreja]; a partir daí comecei a crescer devagar, devagar.”

 

Após um ano de busca, Zito aceitou a Cristo como seu Salvador pessoal e se juntou à equipe da OM.

 

"Estou tão feliz que se eu morrer hoje, estarei com Deus", disse ele.

 

 

História de John

 

A mãe de John era a filha do rei local e Imam da área. Seu pai veio de uma área diferente e era católico até se converter ao islamismo para se casar. John cresceu como muçulmano e estudou o Alcorão por três anos com seu irmão, que agora é o Imam na mesquita da aldeia.

 

Nessa região, é normal frequentar mesquitas e curandeiros, e para John não foi exceção, embora ele geralmente encontrasse respostas em outros lugares. “Para mim, lutar era a solução”, admitiu John. "Foi a base da minha vida."

 

Em 2008, um visitante cristão compartilhou o evangelho com John.

 

“O verso que me tocou foi João 8:30-32. Esse verso salvou minha vida”, lembrou John. Embora a Escritura o tocasse profundamente, John continuou indo à mesquita e vivendo sua vida mundana. Seis meses depois, John chegou a um ponto de ruptura depois de entrar em uma briga.

 

“Comecei a lembrar o que o homem de Deus falava comigo. Eu não tinha nada, tinha que correr, [tinha] necessidade de Deus”, disse John. "Eu recebi Jesus".

 

John deixou sua antiga vida para trás e mudou drasticamente. "Agora estou livre e agradeço a Jesus", disse John. “Até mesmo as pessoas perguntam: 'Que tipo de charme ou feitiço esse cara tem?' Porque [quem eu era antes] era muito ruim, muito ruim.”

 

No entanto não foi fácil. "Na nossa tribo não há ninguém que seja cristão", disse John. “Eu sou apenas uma pessoa. Muitas pessoas costumavam vir a mim e tentar me aconselhar, dizendo que isso que estou fazendo nunca havia acontecido em nossa família. Algumas outras pessoas costumavam vir e oferecer dinheiro: "Você não tem dinheiro, pega esse dinheiro e faça o que tiver vontade de fazer. Deixe esse cristianismo, você está nos envergonhando.” Estou separado. Eles não me veem como família… eles falam comigo mas não há mais confiança.”

 

“O mesmo verso que salvou minha vida [me mantém forte]”, disse John. “Jesus é o único caminho.” “Tendo dito essas coisas, muitos creram nele. Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. - João 8:30-32 (NVI)

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019