NOTÍCIAS

Refletindo o amor de Deus

September 27, 2018

Por Hester Roos
Tradução de Rodrigo Mendes
Revisão Eunice L. Amaro

 

Hester Roos serviu com a OM na Grécia, durante um ano, como facilitador de comunicações e como parte dos ministérios de refugiados. Aqui ela compartilha sobre as iniciativas da OM nos campos de refugiados e um ministério de esportes para os refugiados na área de Atenas.

 

Estou me juntando aos meus colegas por um dia no ministério deles em um dos campos de refugiados nos arredores de Atenas. Uma das colegas compartilha que começou a trabalhar lá em 2016, e, desde o início, orou para que Deus se permitisse ser conhecido na área.

 

“Deus nos envia para lugares e ele permitirá que seu nome seja ouvido. Outras organizações tiveram que sair porque os fundos acabaram, mas conseguimos ficar, e isso fez toda a diferença. As pessoas, agora, sabem quem somos e sabem que podem confiar em nós”, disse ela.

 

No verão passado, ela veio a um acampamento pela primeira vez. “Começamos a conhecer o líder, e Deus abriu o caminho para o início de um relacionamento. Mesmo quando não podia ajudá-los com algo de que precisavam, ainda assim, vinha visitá-los."

 

 

Novo ministério esportivo

 

Recentemente, meus colegas começaram um time de futebol. É minha primeira experiência com o ministério do esporte, e é maravilhoso ver os efeitos positivos.

Enquanto eu estava lá, os meninos experimentaram suas novas camisas esportivas e chuteiras que a OM doou. A maioria dos garotos estava jogando com os pés descalços no campo de borracha dura. Os garotos estavam orgulhosos de ter sua própria roupa, e, claro, uma foto de time de futebol profissional precisava ser tirada. Depois de jogar por um tempo, um dos meninos ficou com raiva porque ele nunca recebia a bola de seus companheiros de equipe. Essa foi uma boa oportunidade para falar sobre trabalho em equipe.

 

Agora que o Ministério do Esporte provou seu potencial, meus colegas seguirão o treinamento com o objetivo de ter um tempo de companheirismo frutífero com os meninos. Eles também esperam organizar jogos amistosos com outras equipes de refugiados e equipes da igreja. Esse ministério de esportes é uma bela combinação de diversão juntos e aprendizagem de lições valiosas sobre trabalho em equipe e disciplina.

 

Nossa oração é que, com os meninos sabendo que somos todos cristãos, possamos mostrar e compartilhar com eles como Deus os ama.

 

 

Como uma família

 

Enquanto os garotos estão praticando suas habilidades no futebol, minha colega compartilha mais comigo sobre seu tempo nos acampamentos: “Não queremos ajudar apenas como uma organização. Queremos ajudar como uma família ajuda outra família. Então, em vez de distribuir apenas comida, nós lhes damos ingredientes e organizamos um grande jantar com voluntários e refugiados juntos. Esse é um momento maravilhoso de partilha que fizemos muitas vezes desde então.”

 

O líder do acampamento expressa sua gratidão: "Eles [OM] estão conosco na grande e nas pequenas coisas. Eles se sentam com a gente, comem conosco, fazem piadas com a gente e ouvem a nossa frustração e nossos gritos. Isso... nos faz uma única família.”

 

Coisas simples que começam a construir uma comunidade - e uma comunidade que reflete o amor de Deus.

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

 

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019

<