NOTÍCIAS

Com fome e sede pela verdade

September 11, 2018

Por Simon Marijani
Tradução de Rodrigo Mendes
Revisão Eunice L. Amaro

 

Um olhar superficial sobre a paisagem aberta do Zimbábue, frequentemente, revela homens de barba longa e cabeça raspada, sentados em frente à mulher com lenço na cabeça, usando roupas brancas compridas. Conhecidos como Vapostori (Apóstolos), os encontros são de grupos pseudocristãos, que misturam crenças africanas tradicionais com ensinamentos bíblicos selecionados - a maioria deles extraídos do Antigo Testamento.

 

Quando o pastor Tafara* participou de uma campanha da OM, em um reduto de vapostori no Zimbábue, mal sabia que estaria alcançando cada vez mais grupos. Em uma visita familiar, em outra área, Tafara aproveitou a oportunidade para pregar em uma reunião evangelística, e quarenta e duas pessoas indicaram que queriam seguir a Cristo! "Eu esperava resistência, mas as pessoas vieram a Cristo em quantidade", disse o Pastor Tafara jovialmente.

 

O homem das roupas, no entanto, tinha mais surpresas. As pessoas que vieram a Cristo mostraram uma fome profunda e uma ânsia por mais. "Eu não podia acreditar, porque, de repente, eu tive uma grande multidão de pessoas olhando para mim", explicou ele. Isso levou o pastor Tafara a investigar, mais profundamente, as vidas das pessoas. Ele descobriu que a maioria deles eram membros anteriores de seitas vapostori e tinham sido impedidos de ler a Bíblia por si mesmos, porque seus ex-líderes alegavam comunhão direta com Deus. “(As pessoas) faziam tudo que seus ex-líderes lhes pediam que fizessem, porque acreditavam que era Deus quem havia falado!”, narrou o pastor Tafara, como se estivesse com uma profunda dor.

 

Pastor Tafara, então, começou uma igreja com o grupo e resolveu ajudar as pessoas a crescerem em sua caminhada com Cristo. Ele, no entanto, encontrou desafios, pois não tinha Bíblias para dar a cada crente, para que estudasse por si mesmos. Foi quando o pastor Tafara se lembrou de que sua paixão havia sido gerada durante uma campanha da OM, quando havia se aproximado da OM para ajudar com Bíblias. Ele também pediu aos missionários da OM que viessem ensinar habilidades de compartilhamento de palavras para os novos crentes, para que alcançassem seus amigos que permaneciam na seita vapostori. A OM ajudou a fornecer 14 Bíblias e 12 fitas de áudio, para aqueles que não sabem ler, e outros materiais, para ajudar o pastor Tafara a continuar ajudando os novos crentes.

 

*Nomes alterados por motivos de segurança

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

 

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019

October 6, 2019