NOTÍCIAS

Não é coincidência: uma resposta à oração

July 9, 2018

Por OM Navios

Tradução de Rodrigo Mendes

 Revisão Eunice L G Amaro

 

Uma recepção afetuosa foi dada ao navio Logos Hope, quando ele foi aberto ao público no país da Guatemala pela primeira vez.

 

O prefeito de Puerto Barrios, Hugo Sarceño, disse sentir o coração "transbordando de alegria" em virtude da "presença do Espírito Santo". O prefeito Sarceño disse que, ao tomar posse na prefeitura, seu primeiro objetivo foi declarar Puerto Barrios “terra de Deus” porque “acreditamos que, sem Deus, nada pode ser feito, e, sem Deus, não há razão para viver”.

 

"Não é coincidência que este navio esteja aqui hoje", continuou o prefeito Sarceño. “Oramos muito pela educação dos nossos filhos, pela cultura do nosso povo, pela ajuda que toda a nossa cidade precisa, e o Logos Hope faz todas essas coisas! É por isso que acho que Deus ouviu nossas orações; é por isso que todos vocês aqui! É uma bênção para o nosso povo”.

 

O capitão Samuel Hils (Alemanha) disse aos convidados que organizar a visita de um navio como o Logos Hope não é trabalho de uma única pessoa: “Eu sei que nossa equipe avançada já recebeu muita ajuda das autoridades portuárias e do município para viabilizar esta visita. Todos trabalhamos, para trazer este navio ao porto, e o fazemos juntos, para a glória de Deus”.

 

"Logos significa Palavra, a Palavra de Deus. E nós, como comunidade a bordo, procuramos servir a Deus, com base em sua Palavra, para que possamos fazer a diferença", disse o diretor do Logos Hope, Pil-Hun Park (Coréia do Sul). “Podemos fazer a diferença, quando defendemos a dignidade e o valor de cada pessoa. Podemos fazer a diferença, quando ajudamos as pessoas. E podemos fazer a diferença, quando escolhemos amar uns aos outros. Isso é impossível? Sim, sem Deus é impossível.”

 

Depois dos discursos, o prefeito e o capitão do porto se juntaram ao diretor e ao capitão do navio para cortar uma fita, abrindo, oficialmente, a maior feira de livros do mundo, para o público em Puerto Barrios, onde o Logos Hope permanece por duas semanas.

 

Texto original aqui.

 

 

A OM Navios conta com 13 missonários brasileiros atuando.

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

 

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019