NOTÍCIAS

Amazing Race: edição Evangelismo

June 8, 2018

 

Por Zac Wilson

Tradução de Rodrigo Mendes

 

 

Zac Wilson visitou recentemente o norte da África em uma viagem missionária de curta duração e compartilha sobre sua experiência no campo.

 

Percorrer um caminho em torno de uma cidade desconhecida (onde as pessoas falam uma língua diferente) pode parecer uma experiência assustadora. Retire o uso do Google Maps e de repente isso se torna um verdadeiro desafio. Esta foi a situação em que eu e dois dos meus companheiros de equipe nos encontramos.

 

Nossa missão nos foi dada na forma de um pedaço de papel com lugares para visitar pela cidade e em cada lugar nós tivemos que descobrir informações e completar certas tarefas. A ideia era se conectar com os moradores locais e ter um gostinho do dia a dia no norte da África.

 

Várias conversas para pedir informações sobre direção e meia hora depois, finalmente chegamos ao metrô. Não era o melhor começo se o desafio fosse baseado no tempo! Mas o ponto principal era conversar com as pessoas e a minha perspectiva dos locais já estava mudando.

 

Devido às nossas fracas habilidades de leitura de mapas árabes e nossa provável falta de bom senso nos perdemos muito. Muito. Quando pedíamos indicações na rua, eu esperava um ponto na direção certa ou, no máximo, uma breve explicação para onde ir. Em vez disso, eles tomavam o tempo para caminhar conosco e conversar ao longo do caminho. As pessoas literalmente se esforçavam para ajudar. Alguns até nos deram seu número de telefone, caso precisássemos deles mais tarde, ou queriam se encontrar conosco na cidade. Se torna uma boa maneira de contar às pessoas sobre Jesus se perder pelos perdidos.

 

A vontade de ajudar não foi meu único destaque daquele dia. Cada um de nós saiu de manhã com uma Bíblia em árabe para “esquecer” em um banco do parque ou em um lugar público e orar para que alguém a pegasse e lesse a Bíblia pela primeira vez. Nós nos sentamos do lado de fora de uma mesquita para orar pelos muçulmanos e eu senti Deus me dizer que este era o lugar onde eu deveria deixar minha Bíblia! Vimos um homem pegá-la e começar a ler com um sorriso no rosto. Deus também esteve no centro ao longo do resto do dia. Certos desafios envolviam orar pela comunidade, visitar igrejas e visitar locais bíblicos. Também tentamos demonstrar amor ao distribuir doces para as crianças, além de iniciar conversas com as pessoas.

 

Eu definitivamente diria que minha visão desta comunidade e dos muçulmanos dela mudou por causa dessa experiência. Parte da minha fé na humanidade foi restaurada por isto! Se todos pudessem ser tão úteis ao redor do mundo, viveríamos em um lugar melhor.

 

 

 

Texto original

 

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019

October 6, 2019