NOTÍCIAS

Mudança na audiência

June 13, 2018

 

Por Flora Man

Tradução de Rodrigo Mendes

Revisão  Polianna Andrade

 

 

Devido à publicidade em vários meios de comunicação secular em Estrasburgo, na França, muitas pessoas que não eram cristãs visitaram o Riverboat e passaram pela Agência. Embora a sala de fuga tenha sido criada com um foco principal para mobilizar os cristãos, a OM Riverboats e a OM France trabalharam juntas para fazer ajustes na simulação para se adequar melhor aos novos visitantes. "Eu vejo isso como um sucesso de nossos esforços de marketing", compartilhou o gerente de Line-Up, Michael Radloff (Suíça), que tinha preocupação inicial sobre como a mídia secular reportaria sobre o Riverboat.

 

Os relatórios acabaram sendo muito positivos. Michael também compartilhou durante a orientação portuária de Estrasburgo que 92% da França não tem presença cristã evangélica e apenas 0,8% dos cristãos se classificam como cristãos nascidos de novo. Um dos maiores pedidos de oração antes do início da visita ao porto foi para orar pelos que ainda não haviam entregado a vida a Jesus, e que passariam pela Agência. "Eu realmente acho que foi da vontade de Deus ter um foco

evangelístico para este porto", acrescentou Michael.

 

O ponto mais importante na experiência é ajudar os participantes que não são cristãos a compreenderem a discussão. Os palestrantes têm um papel crucial em esclarecer a experiência e sutilmente levá-los a ver a mensagem do evangelho. "Conhecer muitos jovens na fase da vida em que eles estão pensando sobre o que está por vir em seu futuro e explorar no que acreditar foi uma grande oportunidade para mim", compartilhou Brent*, um dos voluntários do porto que serviu como palestrante. "Ser capaz de influenciar suas vidas, até mesmo um pouco, foi muito gratificante."

 

Não é uma tarefa fácil alternar entre um grupo ateu abertamente antagônico para um grupo cristão entusiasta em interrogatório. "Minha principal preocupação é não deixá-los sentir que estou forçando algo sobre eles, seja o compartilhamento do Evangelho ou a mobilização de missões", disse Douglas*, outro voluntário do porto. “Meu trabalho é apenas fornecer informações e o resto é a escolha deles.” No entanto, Douglas compartilhou que o momento mais frustrante para ele não foi durante o interrogatório com os grupos ateus ou com os grupos cristãos entusiastas. Foi na maioria intermediária, grupos cristãos que apreciam a experiência como entretenimento e vão embora, ganhando quase nada. "Eu não podia sentir nenhum entusiasmo sobre salvação e missões", compartilhou Douglas. "Foi apenas uma espécie de desinteresse sobre a coisa toda." Ore por cristãos indiferentes na França para serem avivados com um novo sentimento de amor pela salvação e missões novamente.

 

 

 

*Nomes alterados por motivos de segurança

 

 

Texto original

 

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

December 14, 2019