NOTÍCIAS

"O que estas mulheres estranhas estão fazendo aqui?"

October 17, 2017

Por Inger R.

Tradução: Rodrigo Mendes

Revisão: Eunice Ladeia

 

As missionárias da OM Anna* e Sarah* batem corajosamente em portas de bordéis, na Europa Central, pedindo permissão para falar com as senhoras lá dentro. A escritora da OM Inger** reflete sobre as respostas que elas encontram à medida que vão conversar, oferecer um presente e compartilhar uma mensagem de esperança.

 

 

 

O presente incondicional

 

“Anexei uma pequena flor de pano em uma linda bolsa cheia de guloseimas” – eis o toque final nos presentes que uma equipe de evangelismo da OM levaria às mulheres que trabalham na prostituição na Europa.

 

"As senhoras adoram as flores e as guardam", explicou Anna à nossa linha de produção de cinco pessoas, enquanto ajudávamos a preparar mais de 100 presentes para um próximo evangelismo. "Elas as colocam no cabelo ou as exibem em seus quartos", continuou Anna. "Uma senhora nos mostrou o buquê que ela tem agora".

 

Anna e Sarah se dirigem, regularmente, para uma cidade onde existem cerca de dez bordéis, muitas vezes, trazendo presentes decorados com uma flor. “Lembro-me de quando passamos pela cidade uma vez. Ninguém falou nada enquanto observávamos quadros de avisos após quadros de avisos com anúncios sobre quantas garotas estavam disponíveis e quanto elas custavam.”

 

Eu segurei outra flor barata. As senhoras guardam essas flores, valorizando-as. Pensei na senhora que acumulava um buquê. Há quanto tempo ela estava lá? Quão pouca felicidade deve haver em sua vida para demonstrar tanta alegria para com esse minúsculo buquê de flores?

 

Olhei para as caixas embaladas com presentes coloridos, cada um representando uma mulher que acabou em um lugar onde ela não queria estar. Cada um proporcionando uma oportunidade para desenvolver confiança e deixar os detalhes para trás. Cada flor também é um símbolo de que alguém se importa com elas e veio, sem esperar nada em troca.

 

 

 

A carta de amor

 

Sarah me contou sobre uma conversa com Kathrin* em um bordel onde senhoras vivem e trabalham em um quarto por até duas semanas antes que exista uma folga.

 

"Eu ofereci a Kathrin um folheto publicado pela OM EAST chamado 'Você é linda, minha irmã!' ", disse Sarah. "Quando ela pegou, ela exclamou: ‘Agora eu tenho a minha própria cópia!’”. Quando Kathrin chegou em seu quarto, encontrou outro exemplar do mesmo folheto. Ela acreditava que a mulher anterior o havia deixado lá para a próxima pessoa.

 

Esse não era um quarto de hotel com uma Bíblia, mas um quarto de bordel com um folheto evangelístico.

 

O folheto é uma carta que expressa o coração paterno de Deus que anseia dar às mulheres uma nova identidade e orientá-las em seu bom plano nas suas vidas. Isso me surpreendeu novamente por lembrar que não há lugar que a Escritura não possa alcançar, e isso me fez entender o quanto era mais significativo para Kathrin receber uma cópia pessoalmente. Espero que ela também aceite as palavras do folheto como uma carta de amor de Deus Pai, escrita especificamente para ela.

 

 

 

As lindas mensageiras

 

"Elas acham que somos loucas!", respondeu Anna, quando perguntei como era entrar em bordéis. "A primeira vez que chegamos, as meninas pensaram: ‘O que essas mulheres estranhas estão fazendo aqui? As mulheres não entram aqui! ".

 

Agora, Anna e Sarah falam regularmente com senhoras em várias áreas da Europa Central. Ambas, em seus sessenta anos, tornaram-se figuras-mãe, muitas vezes recebidas com o título "Mama!".

 

"Elas acham que eu sou a mulher mais linda que já viram", declarou Sarah.

 

"Elas vêm e acariciam nossos rostos", acrescentou Anna.

 

Eu fiquei refletindo sobre isso. Como é possível que as mulheres, preparadas para o trabalho de sedução, olhem para duas trabalhadoras de divulgação e vejam uma beleza que nunca antes viram? As trabalhadoras da OM manifestam seu desejo de poder divulgar Jesus, simplesmente aparecendo, pois Cristo vive em seus corações e seu caráter pode ser refletido por meio delas. A resposta me faz pensar que isso que está acontecendo - a parte da beleza que elas percebem- é Jesus.

 

Isaías 52: 7 veio-me à mente: "Quão formosos são os pés daqueles que trazem boas novas" (NIV).

 

A beleza dos mensageiros dispostos a levar o evangelho.

 

Uma carta de amor apontando para a fonte da beleza.

 

E um presente para demonstrar que Deus não as esqueceu.

 

Isso me inspira a entender que não há como saber o que as pessoas sentem quando se encontram com seguidores de Jesus e que não há limites para o que Ele pode fazer.

 

"A oração é a chave. Podemos falar com as mulheres em bordéis, mas se não for por meio de orações, podemos voltar para casa", enfatizou Anna. "É somente pelo poder de Deus que as coisas podem realmente mudar. Ele está respondendo as oraçõs, para que as mulheres possam sair e começar uma nova vida!"

 

Por favor, ore pela proteção de Deus sobre as equipes de divulgação na Europa Central; peça a Deus para elas terem sabedoria ao comunicar o evangelho àquelas cujas vidas são marcadas pelo abuso, falta de liberdade e medo. Louve a Deus por aquelas que estão recebendo ajuda para se libertarem. Por favor, ore para que elas encontrem cura, verdade e esperança em Cristo.

 

*Nome alterado por segurança

**Nome completo não incluído por segurança

 

 

Texto original

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilhar o conhecimento de Jesus e Seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019