NOTÍCIAS

Tocando corações

August 11, 2017

Por Megan R.

Tradução de Tayza Garcia

 

Em 15 de julho de 2017, um ano após a tentativa de golpe contra o governo turco, as pessoas reuniram-se nas ruas para mostrar o orgulho nacional e comemorar o fracasso da tentativa.

 

No dia seguinte, a equipe TACO (Turkish AfriAsia Creative Outreach) reuniu-se em um parque lotado para realizar uma apresentação rápida, incluindo música turca tradicional, uma performance da música "Happy" de Pharrell Williams e canções de adoração em turco.

 

Esta foi a segunda vez que, desde a tentativa de golpe, a equipe sentiu que o ambiente durante o estado de emergência permitiria um evangelismo de rua na Turquia. Enquanto isso, eles realizaram programas em outros países ao redor do Oriente Médio, África do Norte e regiões da Ásia Central no ano passado.

 

"Deus, estamos aqui para fazer evangelismo, mas vamos adorar também", um colega de equipe da Coréia do Sul orou antes de começarem.

 

À medida que a equipe afinava seus instrumentos, as pessoas se reuniam para assistir o que estava prestes a acontecer. Harry*, um missionário da OM da Inglaterra, começou uma canção familiar aos turcos, e duas garotas no local começaram a filmar em seus telefones. Crianças começaram a dançar, ficando próximas para curiosamente inspecionar os estrangeiros com os instrumentos.

 

Quando terminaram "Happy", a líder da equipe, Eileen*, pegou um momento para se dirigir à multidão: "Apesar de parecer que existe uma falta de unidade neste país neste momento, somos um grupo de muitas nacionalidades unificadas através da nossa fé em Jesus Cristo", ela compartilhou em turco. "Agora queremos compartilhar essas músicas de adoração com vocês".

 

À medida que o programa mudou para um momento de adoração, alguns ouvintes levantaram-se e saíram, mas não muitos. Os membros da equipe entregaram papéis com as letras das músicas, e muitas pessoas as aceitaram com interesse. Depois, a equipe se espalhou para falar sobre Jesus com os grupos reunidos, usando o idioma turco que haviam trabalhado duro para aprender.

 

 

Um time diferente de qualquer outro

 

A equipe TACO se concentra em usar as artes criativas para alcançar grupos de pessoas muçulmanas. Eles visitam a região a convite das igrejas locais e pastores. Desta forma, eles sabem que quando eles partirem, haverá alguém contatando e discipulando os novos crentes.

 

Após todas as apresentações, a equipe fala com os membros do público que, se quiserem mais informações, a equipe os conecta com recursos como o BCC (Curso Bíblico por Correspondência) em turco ou uma igreja local.

 

"É um ministério de impacto", explicou Harry. "A base é o acompanhamento e garantir que os parceiros locais irão buscar as pessoas interessadas. É um ministério plantador de sementes, mas estamos fazendo o que podemos para garantir que essas sementes possam crescer".

 

Esther*, da Austrália, ouviu falar sobre a equipe quando estava orando a Deus sobre como poderia usar seu diploma de engenharia de som em um ministério transcultural. Joy*, uma missionária da  OM dos EUA que está atuando no TACO há três anos e meio, também encontrou o ministério porque queria usar seu diploma de música para alcançar os muçulmanos.

 

"Drama, música e dança são uma ótima maneira de compartilhar com as pessoas sem causar problemas e sem que as pessoas se sintam desconfortáveis", explicou Esther. "As pessoas podem colocar uma barreira para o evangelismo na rua, elas têm medo de que outras pessoas as envergonhem ou as julgue. Mas quando é apenas entretenimento na rua com músicas e testemunhos, compartilhamento e teatro, achamos que essas coisas transcendem a cultura e o idioma".

 

Os membros do TACO passam muito tempo juntos em passeios e atuam com um sistema de apoio forte. Uma vez que tudo é feito em conjunto, a equipe fornece um ambiente para tanto introvertidos quanto extrovertidos se desenvolverem.

 

"Nossa equipe se sente como uma família", explicou Joy, "especialmente viajando. Nós nem sempre nos damos bem, mas sempre estamos encorajando uns aos outros. Estamos todos lá pelo mesmo motivo".

 

"Quando cheguei pela primeira vez, soube que haveria maneiras de servir de maneira prática, mas estava nervosa em compartilhar com as pessoas", confessou Esther. "Foi realmente assustador para mim, sendo introvertida, mas Deus realmente me mostrou que não é sobre minhas habilidades, que Ele usa tudo".

 

 

Bênçãos inesperadas

 

Recentemente, Joy estava liderando a equipe em turnê na Ásia Central - sua primeira vez na liderança.

 

Em um dos dias, houve uma falta de comunicação com a igreja local, e um caminho que a equipe esperava demorar duas horas e meia demorou quatro horas. Embora cansados e frustrados da viagem e do calor na van, a equipe realizou o show com sua energia e paixão habituais.

 

Mais tarde eles descobriram que um amigo íntimo do pastor, que ele estava evangelizando há anos, pediu a Jesus para ser seu Salvador na apresentação.

"Nós quase nunca vemos as pessoas aceitarem Jesus, especialmente na Ásia Central", contou Joy, “mas Deus está trabalhando, mesmo quando nos sentimos frustrados e cansados".

 

Por outro lado, a Albânia é muito aberta, compartilhou Esther. Toda vez que a equipe vai lá, eles são encorajados pelo crescimento exponencial da igreja. O ministério TACO trabalha junto com um grupo de plantadores de igrejas albaneses locais com a visão de ver uma igreja em cada cidade de 10.000 pessoas ou mais. Os plantadores de igrejas estão usando o TACO para fazer isso, e estima-se que 25 igrejas tenham começado ou crescido a partir do evangelismo do TACO na Albânia.

 

Por favor, ore para que a equipe do TACO continue a compartilhar as boas novas nesta região através do evangelismo criativo. Ore por aqueles que participaram de suas apresentações, bem como aqueles com os quais eles interagem diariamente, para que conheçam o amor de Deus através de Jesus Cristo.

 

*Nomes alterados por questões de segurança.

 

 

Texto original aqui.

 

A OM na Turquia conta com uma família de missionários brasileiros atuando.

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilhar o conhecimento de Jesus e Seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar a esperança em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019