NOTÍCIAS

Em igual necessidade de perdão

August 8, 2017

Por Rebecca Gaasrud

Tradução de Tayza Garcia

 

No Police Camp Central, um acampamento de verão para crianças dirigido pelo departamento de polícia, os voluntários usaram uma peça de teatro e ilustrações para ensinar aos acampantes sobre Deus e Seu desejo de um relacionamento pessoal com eles.

 

Durante a peça, Nate Johnson (EUA) ficava rígido enquanto Collin Kepas (Papua-Nova Guiné) movia seus braços e pernas em diferentes posições. Collin pôs Nate como um corredor e depois correu ao lado dele, mas quando Nate não respondia da maneira que Collin queria, Collin ficava decepcionado. Através da apresentação, os membros da equipe incentivaram as crianças a olhar para os padrões de Deus como o perfeito manual da vida, em vez de se deixarem ser influenciadas pelas pessoas ao seu redor.

 

A equipe dividiu as crianças em dois grupos menores por idade e compartilhou a mensagem do evangelho usando auxílios visuais. Um membro da tripulação segurou três cordas de comprimentos variados e pediu às crianças para dar nomes a cada um. 'Emma', 'KK' e 'Jordan', quando as cordas foram dobradas com entusiasmo, foram então colocadas no centro de uma discussão sobre o céu.

 

"Emma tem uma corda curta porque nunca desobedece seus pais e ela sempre vai à igreja; KK vai às igrejas de vez em quando, mas muitas vezes cometeu erros, então sua corda é de comprimento médio. A corda de Jordan é a mais longa porque ele fez muitas coisas que são erradas. Ele não se importa com Deus nem obedece a seus pais", disse o membro da equipe. "Quem você acha que irá para o céu?" "Emma!" Gritaram as crianças.

 

Usando uma ilusão, o tripulante segurou as cordas para que todas elas parecessem ter o mesmo comprimento. "Ir para o céu não depende do número de erros que cometemos, porque à vista de Deus, todos somos iguais. Todos fizemos coisas que estão erradas", disse o membro da equipe. "O que importa é se dissermos ‘desculpe-me’ a Deus e pedirmos que nos perdoe. Então podemos ter um relacionamento pessoal com Ele e podemos ir ao céu".

 

A atenção das crianças e a participação motivaram a equipe. Tripulantes esperam que as sementes plantadas pela apresentação sejam bons lembretes para as crianças e levem a muitas vidas para o Senhor.

 

Texto original aqui.

 

 

O ministério de Navios tem hoje 14 brasileiros atuando.

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilhar o conhecimento de Jesus e Seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar a esperança em mais de 110 países.


 

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019