NOTÍCIAS

Melodia de corações quebrados

June 27, 2017

 Tradução: João Marcos Hansen

 

Valbona*, do ministério Casa de Alegria em Kosovo, conta como três crianças do projeto se apaixonaram pela música durante uma sessão de Terapia Artística. Foi uma introdução transformadora para esses jovens de históricos problemáticos...

 

A ONG local chamada Casa de Alegria é um projeto de reintegração, apoiada pela OM Balcãs, para famílias que são sobreviventes de abusos. Depois do início, a equipe rapidamente viu a necessidade de terapia artística como uma das ferramentas utilizadas para ajudar as mulheres e as crianças a serem reabilitadas para o mundo e ajuda-los a expressar sua dor e quebrantamento.

 

Tudo começou ao apresentar a ideia às mulheres, a fim de ganhar um pouco da sua confiança e elas poderem aceitar a proposta e se sentirem abertas a utilizá-la. Todos foram bem abertos a essa maneira divertida de se expressarem através do desenho, da pintura e da música.

 

Depois de algum tempo, foi percebido que algumas das crianças estavam muito interessadas no mundo da música, então elas foram introduzidas neste mundo através de uma aula de nível básico de música ensinada na Casa da Alegria, a fim de ver o seu real nível de interesse. Peter* ensinou introdução à classes de música com o violão e o piano e três crianças realmente amaram isso.

 

A equipe do projeto conversou com a escola de música da cidade para ver se aceitavam a entrada das crianças e, para a alegria de todos, o corpo dicente da escola estava muito feliz em matriculá-los nas turmas.

 

As crianças puderam escolher quais instrumentos aprender baseado em suas idades e os dois garotos, Sali* (10) e Besim* (8) decidiram continuar aprendendo a tocar violão. Uma garota, Ariana* (10) decidiu aprender a flauta já que as aulas de piano estavam lotadas.

 

A medida que começaram com as classes, percebemos que os instrumentos que compramos para eles eram maiores do que eles, mas o desejo dos seus corações de tocar música era ainda maior que os instrumentos e, desse jeito, maior que sua dor e seu quebrantamento.

 

A Casa de Alegria está empolgada em vê-los trabalhando duro para pegar o ritmo e treinar para ficarem melhores a cada dia enquanto completam seu dever de casa musical. Sali e Besim tem aulas de segunda, quarta e sexta e Ariana tem aulas às segundas e quintas toda semana onde algumas das aulas são um a um com o professor e outras são em grupo. As crianças estiveram assistindo aulas desde Outubro de 2016 e já desenvolveram a autoconfiança para tocar na frente de suas famílias e até mesmo querendo demonstrar suas habilidades com seus instrumentos sempre que tem algum evento na Casa de Alegria.

 

Por causa do seu interesse em música, eles estão se envolvendo mais com programas artísticos na escola e se desafiando a serem mais criativos. Nossa esperança é que seus corações sejam curados e que eles consigam o ritmo certo par o seu futuro ao aprender que o trabalho dura merece a recompensa.

 

Por favor, estejam orando por essas crianças a medida que aprendem as disciplinas de aprender um instrumento, para que possam ser dedicadas e ver o quanto isso será beneficial para eles no futuro. Orem por esta experiência para continuar a moldá-los em jovens dedicados que veem esperança para o seu futuro.

 

Texto original.

 

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilhar o conhecimento de Jesus e Seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar a esperança em mais de 110 países.

Compartilhar
Compartilhar
Curtir
Please reload

Notícias em destaque

Lutando contra a pobreza do conhecimento bíblico

May 31, 2019

1/7
Please reload

Notícias recentes

October 30, 2019

October 6, 2019