• OM International

Vozes do Distrito da Luz Vermelha


#Singapura “O Distrito da Luz Vermelha é como um inferno vivo!” exclamou uma profissional do sexo transgênero numa região infame de Singapura.


“Quando escolhemos esse caminho, estamos destinadas a uma vida de solidão,” disse outra.


“Será que Deus vai me perdoar por ter mudado de sexo?” Um silêncio pesado baixou.


“Tenho 27 anos; não tenho marido. Tenho duas crianças, de 5 e 3 anos. Comecei com esse trabalho por causa de uma conta médica imensa que meu falecido marido deixou para mim. Meus documentos não valem nada para as autoridades. Orem para que eu seja liberta e possa voltar para minha casa, para minhas crianças!” Chorou uma profissional do sexo de ocasião, da Índia.


“Você vai orar por mim?” uma mulher traficada e forçada à prostituição perguntou.


“Obrigada pelo seu presente”, disse uma jovem e mansa trabalhadora de um bordel no Vietnã.


“É adorável que você possa jantar conosco,” disse uma trabalhadora chinesa de um bordel, enquanto participava de um jantar pelo Ano Novo Lunar organizado por seguidores de Jesus.


“Jesus pode me dar muito dinheiro?” um vigia de bordel perguntou debochadamente, em Mandarim. O grande lucro que os cafetões conseguem é um grande atrativo para trabalhar nesse negócio.


“É o único trabalho que conheço em todos esses anos. O que mais eu posso fazer?” lamentou outro cafetão.


“Você acha que não fico torturado pela culpa cada vez que apresento um cliente para uma mulher?” um cafetão confessou.


“A vida não tem sentido!” declarou outro.


“Eu não consigo entender por que vocês, voluntários, têm tanto cuidado e preocupação por nossas garotas!” disse o administrador de um bordel.


“Eu acredito de verdade em Jesus!” declarou uma profissional do sexo, da Tailândia, depois de ouvir um voluntário falar do evangelho em sua língua natal.


“Estou tão feliz que Jesus esteja cuidando de mim!” disse uma ex-profissional do sexo de Singapura, que foi restaurada e agora abraça uma nova vida em Cristo.


“Eu reconheço a você, Jesus, como meu Senhor e Salvador,” um cafetão disse em uma oração com um voluntário. Ambos foram estudar a Bíblia juntos.


Essas vozes são viscerais e reais. Essas expressões revelam a dureza da realidade da vida que os trabalhadores do Distrito da Luz Vermelha de Singapura enfrentam, que um grupo de seguidores de Jesus descobriu.


“Essas vozes revelam a pobreza do coração – um lamento pedindo para serem vistos e amados,” disse Jan*, uma pessoa que oferece sua amizade. “Daqueles que buscam intimidade física àqueles que se entregam para poderem sobreviver, todos precisam de Jesus.”


“Como poderia eu, uma seguidora de Jesus, amar radicalmente as pessoas – da maneira como Jesus amou a mulher adúltera e não a condenou, deixando os fariseus e escribas sem qualquer ação. Eu quero saber,” Jan afirmou.


Conforme Jan, seus companheiros procuram expressar o amor de Deus para essa comunidade desprezada pela sociedade, Deus está fazendo algo incrível que eles ainda nem sequer conseguem compreender completamente.


Os anos de construção de relacionamentos estão dando frutos. Muitos leram as centenas de folhetos evangelísticos que o grupo distribuiu para eles em suas línguas asiáticas natais. Muitos assistiram ao filme multilíngue Jesus em seus equipamentos digitais. Todo Natal, muitos saem dos bordéis e se juntam para cantar canções natalinas com pequenos corais.


Alguns profissionais do sexo e cafetões estão começando a encontrar esperança em Deus. Muitos estão abertos às orações. Alguns estão focados em explorar a Bíblia. Alguns já deixaram ou estão em vias de deixar o mercado da prostituição de uma vez por todas.


“Estamos atônitos com esses acontecimentos. Essa era uma comunidade que mal sabia quem era Jesus antes de vermos o poder de Deus em ação, gerando seguidores de Jesus, um por um, lentamente mas certamente,” disse Kim*, um líder de uma equipe ministerial.


Junte-se aos seguidores de Jesus mundo afora, expressando o amor de Deus às comunidades que não ouviram o evangelho. Leia mais a respeito aqui: www.om.org


*nomes alterados por questões de segurança


Traduzido por Renato Alt

Revisado por Liliane Nascimento

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org