• OM International

Separados, mas juntos


#Brasil "Tudo aconteceu tão rápido", explicou Liliane. "A vida seguia normalmente numa sexta, e na segunda, todos estavam indo para casa. Nós precisamos tomar decisões rapidamente e não tivemos muito tempo para processar tudo."


Liliane ensina inglês para estudantes de missões em seu país natal, Brasil. "Antes que os brasileiros possam partir em missões no exterior, precisam primeiro completar o treinamento aqui e, se precisam melhorar o Inglês, podem ter aulas de inglês," disse Liliane. Duas vezes ao ano, tanto o treinamento para missões como as aulas de inglês acontecem, com duração de três a quatro meses, e encoraja os estudantes a terem um envolvimento ativo nas igrejas, para estarem preparados para servir efetivamente.


Quando o governo anunciou a quarentena para todo o país, a fim de prevenir a disseminação do novo coronavírus, 18 estudantes com idades entre 17-60, estavam vivendo no centro de estudos ou nas redondezas. Alguns foram pra casa, enquanto outros optaram por permanecer no centro de estudos. "A princípio, deixamos que os estudantes continuassem na base durante a quarentena. Mas depois de algum tempo, o governo anunciou que estenderia a duração da contingência, então percebemos que era melhor que todos fossem pra casa", disse Liliane. "Nós sentimos que, nesse momento, era importante que estivessem com suas famílias."


Como essas mudanças inesperadas mudaram a dinâmica do treinamento, muito estudantes sentiram-se frustrados pela incerteza do seu futuro em missões. Alguns também se preocuparam com a possibilidade de perder o apoio financeiro, ou que seus pastores pudessem não querer que voltassem para o treinamento. Mas ainda que a equipe da OM e os estudantes estejam isolados em suas casas, a equipe encontrou novas formas de manter todos em contato, seja através de devocionais online ou ligando regularmente para cada um. "Nós fazemos questão de falar com todos eles, para que saibam que não foram esquecidos, que nós continuamos aqui," diz Liliane.


Liliane e seus colegas de trabalho também estão trabalhando para encontrar uma forma de tornar possível uma reestruturação completa do curso de missões, para ser administrado online. Enquanto isso, os estudantes continuam a completar e enviar tarefas e atividades. Enquanto a equipe se adapta às mudanças súbitas, muitos conseguem enxergar as bênçãos apesar das restrições impostas pelo coronavírus. Para Liliane, tudo isso serviu para que pudesse tirar um tempo muito necessário para descansar, e para experimentar tempo de qualidade com Deus. "Não é o melhor cenário, mas estou grata e posso descansar, porque já há algum tempo estava esgotada fisicamente," disse ela.


Liliane notou também que alguns dos membros da equipe têm experimentado uma abertura espiritual junto aos membros das suas famílias que antes eram muito fechados para o evangelho. "Estar com suas famílias tem dado tanto para a equipe quanto para os estudantes mais tempo para dividir o Evangelho, e também para demonstrar amor prático a elas," apontou Liliane. Como um time, estão aprendendo que mesmo que tivessem muitos planos e compromissos, nunca estiveram no controle de nada, na verdade. Quem está no controle de tudo é Deus.


Por favor ore por sabedoria para os coordenadores e para o diretor, enquanto discutem como reiniciar e reorganizar o treinamento. Ore para que os estudantes tenham paz nesse tempo.


A OM está em campanha no mundo inteiro para trazer socorro por impactos causados pelo COVID-19. Sua oferta e orações são muito bem-vindas e necessárias. Acesse www.om.org.br/covid para ofertar para campos em necessidade imediata.



Traduzido por Renato Alt

Revisado por Liliane Nascimento

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org