• OM International

O crescimento da igreja no Irã


#Irã A OM começou a servir no Irã em 1963 e, por 17 anos, em parceria com igrejas locais e agências internacionais de missões, os obreiros da OM cruzaram o país compartilhando o evangelho. Os obreiros da OM, no entanto, eram frequentemente presos e deportados. Quando, a partir de 1979, Ruhollah Musavi Khomeini, líder espiritual e político da revolução islâmica, começou a governar o país, a equipe da OM foi obrigada a sair do Irã, deixando toneladas de Bíblias e outros recursos evangelísticos cristãos para a igreja local. Na época, havia cerca de 300 a 400 crentes iranianos conhecidos, de origem muçulmana.


Hoje, os líderes da igreja acreditam que haja mais de um milhão de seguidores de Cristo dentro do Irã. "O crescimento da igreja, nesse país, é, sem dúvida, uma das surpresas mais inesperadas dos últimos 1.400 anos de missões", diz Stuart*, um líder da OM.


Esse enorme crescimento é obra do Espírito Santo. Um líder da igreja local diz que a literatura deixada para trás "deu início a uma das maiores oportunidades que já tivemos de compartilhar a Palavra de Deus por meio da distribuição pelas ruas de folhetos e literatura cristãs nos anos posteriores, e, dessa forma, atingir milhares de muçulmanos. Na sequência, teve início um ministério de literatura que perseverou por anos". A OM também apoiou a igreja local arquivando e preservando recursos cristãos traduzidos para Farsi, idioma do subgrupo das línguas iranianas, fora do Irã. Quando a polícia secreta invadiu a igreja e confiscou todos os seus materiais, a OM ajudou a colocar os dados em milhares de pen drives e cartões de memória (SD), tornando-os disponíveis, mais uma vez, para a igreja em crescimento.


Hoje, o discipulado e o treinamento de lideranças são necessidades críticas para este movimento explosivo. "Setenta e cinco por cento dos iranianos têm menos de 30 anos de idade", explica Stuart. "Há uma geração enorme que está procurando liberdade. Eles têm internet, têm TV via satélite, veem o resto do mundo, e ainda estão presos dentro do Irã". Os recursos cristãos on-line e os materiais de desenvolvimento de liderança traduzidos são fundamentais para ver muitos desses jovens encontrarem esperança e alegria para o futuro. A OM fez uma parceria para ajudar a produzir e distribuir a Bíblias e Novos Testamentos, bem como recursos cristãos para o discipulado e desenvolvimento de liderança, por meio de mídias sociais e sites.


“É interessante que os primeiros livros que foram baixados mais rápido e se tornaram virais, tenham sido 'Como superamos o luto e o trauma?' e 'Como superamos a culpa e a vergonha?'”, compartilha Stuart. "Estamos descobrindo, ao abordar algumas das questões que são exacerbadas pelo governo opressivo e pelo trauma causado pela guerra Iraque-Irã, que as pessoas estão com fome, e que, em meio a toda essa desesperança, as pessoas continuam a recorrer ao Senhor".


Nos últimos meses, cerca de 40 mil livros, traduzidos pela OM para evangelismo e discipulado, foram baixados do site da OM, www.farsilibrary.com, por iranianos dentro do Irã e em todo o mundo.


*nome alterado por motivo de segurança


Traduzido por Orlando Silva

Revisado por Eunice L. Amaro

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org