“Não se trata da bicicleta” (parte dois)


#Alemanha Os participantes inspiraram pessoas a doarem € 100.000 (aproximadamente US$ 113.000) ao pedalarem 1.000 km (521.3 milhas) através da Alemanha – um resultado tangível da “Coronaride” que ocorreu entre 12 e 14 de junho de 2020, que vai sem dúvida abençoar projetos e pessoas que receberem as doações. Mas para Chris (África do Sul), líder de ministério de esportes, os efeitos que não podem ser vistos e são conquistados por 72 horas de orações contínuas importam muito mais.


“O propósito era começar um movimento de oração, criar um movimento para outros seguirem,” Chris explicou. “Minha parte nessa Coronaride às vezes parece pequena, mas eu acredito que, juntos, realmente conseguimos colocar algo em movimento. Nós começamos orações em cima e fora das bicicletas, e vimos muitas pessoas participarem.”


Problema técnico


Conforme a Coronaride se aproximava, Chris preparou um plano de treino de 12 semanas, e pediu a um amigo da África do Sul para ajudá-lo, treinando-o. “Ele foi de grande ajuda”, Chris relembrou.


Apesar de toda a sua preparação e programa de treinamento, sua bicicleta preparada para a estrada já começou dando problemas. “Eu sai por muitos dias com vários companheiros de treinamento, e as marchas continuavam escapando. Além desse problema, continuamos repondo partes diferentes, e eu acabava voltando para a minha bicicleta durante os intervalos de treino,” Chris lembra. “Eu me certifiquei de continuar comendo a comida certa, focado em boa nutrição, e fiz muitos exercícios para aumentar minha resistência.