• OM Ships

Esperança diante de turbulências


#Jamaica No coração de Kingston, Parade Gardens, as pessoas estão acostumadas com turbulências. Suas duas comunidades, Tel Aviv e Southside, que estão sempre em guerra e com crescente ocorrência de crimes violentos.


Tripulantes do Logos Hope, associaram-se com a obreira cristã da igreja local, Nicky Carara, que serve na região há oito anos. Contra esse cenário de guerra e mortes, Nicky desenvolve um projeto, um clube de crianças. Nesse clube, ela recebe meninos e meninas, de todas as idades, para ouvirem sobre o amor de Deus por eles. Ela diz: "As pessoas daqui estão tão acostumadas com guerras de gangs, que até as consideram 'normais'. As crianças me abordaram para contar, com detalhes, como seus pais tinham morrido. Infelizmente, elas podem contar porque presenciaram tudo. Isso me deixa arrasada."


Dez crianças foram ao centro comunitário para conhecer quatro sorridentes pessoas. Membros da tripulação ficaram responsáveis por desenvolver atividades, e por contar a história do navio para elas. Além disso, os tripulantes compartilharam relatos pessoais de como a bondade de Deus os ajudou a atravessar momentos difíceis. No início, apesar de um pouco céticos em relação às carinhas sorridentes, as crianças, rapidamente, se entusiasmaram, e mais confiantes, contaram sobre suas vidas e problemas.

No final do dia, as crianças foram divididas em pequenos grupos, para conversarem sobre aquilo que tinham ouvido a respeito de Deus e os testemunhos dos tripulantes. Payton Mader (USA), uma tripulante que trabalha no convés, perguntou às meninas do seu grupo sobre qual assunto ela poderia orar. Duas garotas disseram que tudo que elas queriam era ter os seus pais de volta. Os pais delas, ambos, tinham sido mortos em guerras de gangs. Payton pondera: "Isso me arrasou! Uma esperança maior, e necessária, só pode vir a ser encontrada em Deus."


De acordo com a Nicky, orfandade de pai é um dos motivos que ajudam a explicar os problemas sociais na região. Ela diz: "Uma vez, um amigo veio nos ajudar no centro comunitário e nos perguntou se ele podia acompanhar algumas crianças de volta a suas casas. Uma delas, ao chegar em casa, correu para sua mãe e disse a ela o quão feliz estava. O pai dessa criança tinha sido morto e ela ainda estava sofrendo com isso. Foi simplesmente um passeio com um homem mais velho, com quem a criança pudesse se identificar, ou seja, bastou ter um homem, ajudando no dia a dia do centro comunitário, e, de vez em quando, fazer caminhadas, para fazer toda a diferença."


Como a única obreira cristã da região, Nicky diz que as equipes do Logo Hope prestam serviços de grande importância por meio de seu envolvimento com a obra e com as comunidades dos lugares que visitam. Ela se lembra de quando, em 2017, durante o evangelismo, tripulantes do navio dedicaram-se a ensinar crianças e, sobretudo, demonstraram o Amor de Deus.


Ela acrescenta: "Deus sempre se manifesta. Tenho visto milagres, pelos quais Deus proveu sustento financeiro em momentos de extrema necessidade. Eu faço isso porque Deus ama a todos e eu acredito que o Espírito Santo pode transformar as pessoas dessa região."


Equipes de evangelismo do Logo Hope continuaram a trabalhar com a Nicky pelas próximas semanas, compartilhando mensagens de esperança por meio do amor de Deus pelos jovens de Kingston.


Tradução por Orlando Silva

Revisado por Eunice L. Amaro

Texto original aqui.

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org