Enxergando crescimento nos momentos difíceis


#Madagascar O novo coronavírus se espalhou mundo fora em 2020, sem poupar lugar algum, inclusive a região de Androy, no sul de Madagascar. Ainda que a área não tenha casos de Covid, a vida é impactada enquanto restrições de locomoção estavam em vigor e as escolas fecharam até meados de outubro, enquanto o preço do arroz (principal alimento do país) quase dobrou.


Deborah, do Reino Unido, mudou-se para a capital da região de Androy, Ambovombe, no final de 2019. Ela investiu tempo para acostumar-se com a ruralidade do sul, lindando com questões como água limitada (ou nenhuma) e doenças derivadas da comida e bebida, além de aprender o dialeto local de Malgaxe.


Conversando com alguns adoescentes antes de uma programação para jovens, Deborah compartilhou com eles sua visão para alcançar as crianças das aldeias com o evangelho. Três dos jovens, uma menina e dois rapazes, expressaram interesse em serem treinados.


Deborah começou a treinar os voluntários e começou um Kid’s club na base da OM, para 15 crianças, duas vezes por semana, para que os três voluntários pudessem aprender na prática. A menina já tinha alguma experiência por frequentar a escola dominical na cidade, enquanto os dois rapazes nunca haviam feito parte de um ministério infantil, mas compensaram isso com sua vontade de aprender.