• OM International

Deus nos ajude a ajudar outros


#Camboja Muitas pessoas no Camboja estão sem trabalho por causa da COVID-19 e estão lutando para conseguir comprar comida. Para alguns, o desespero chegou a um ponto crítico, onde prostituir suas crianças é um meio de prover para a família. Uma trabalhadora da OM está indo muito além para cuidar dos outros durante esse período.


“(As filhas) deixam a escola. A razão para isso é que, quando a família não tem mais dinheiro para pagar empréstimos ou não tem mais comida suficiente, elas precisam ganhar dinheiro. Então as famílias mandam suas crianças para trabalhar nos KTV’s (bordéis)”. Mom, uma assistente social da OM no Camboja, explica.


Em meio ao caos provocado pela COVID-19 e das restrições econômicas que muitos países e negócios sofreram ao redor do mundo, ainda há uma enorme diferença entre as famílias que têm uma poupança e uma casa confortável, e aquelas que não. O trabalho de Mom a levou a comunidades no Camboja onde famílias inteiras vivem em barracos de um cômodo, onde o abuso de álcool e drogas é uma forma comum de fugir da realidade, e onde pais desesperados mandam suas filhas para a prostituição para conseguirem comida para as famílias.


Uma dessas filhas é Luna*. Uma linda adolescente cujo pai era abusivo e foi preso, e cuja mãe era doente e incapaz de trabalhar para prover financeiramente para suas duas crianças. Luna e seu irmão mendigavam no mercado local para conseguir algum dinheiro, e sua mãe disse a ela: “se você quiser dinheiro fácil, vá dormir com um homem.” A mãe de Luna estava fazendo o melhor que podia, mas sem trabalho, sem ajuda do governo e pouca educação, ela mantinha o ciclo de pobreza para suas crianças.


Durante a COVID-19, os esforços da Luna para conseguir dinheiro se tornaram ainda mais limitado, e quando a família não pôde pagar seu aluguel, o senhorio a expulsou. Familiar com os esforços da OM para prover para os necessitados, foram até lá pedir ajuda. A própria família da OM inicialmente providenciou um acolhimento básico para os três, mas quando a doença da mãe de Luna piorou e ela faleceu, as coisas ficaram ainda mais complicadas.


A lei no Camboja diz que os órfãos precisam ficar com seus parentes, e aqueles que não os têm precisam de uma certidão de nascimento para serem acolhidos nos orfanatos do estado – coisa pensada para manter as crianças com suas famílias. Infelizmente, muitas vezes os pais não preenchem a papelada quando têm filhos, o que pode resultar em vários eventos em sequência, incluindo poucos recursos disponibilizados pelo governo e não estarem elegíveis para passaportes, o que poderia, futuramente, abrir portas para estudarem no exterior.


Nem Luna nem seus irmãos têm a identidade do governo. Então ainda que Mom e seu marido tenham concordado em ficar com as duas crianças, é um processo muito complicado tornarem-se seus guardiões legais. Mom e seu marido tem em seu coração expandir o amor de Deus para outros de forma grandiosa. “Pela graça de Deus, podemos fazê-lo,” Mom diz com uma gargalhada. “Mas sem Deus, não podemos ajudar como fazemos.”


O casal já adotou duas outras crianças, tem três filhos biológicos e duas das irmãs de Mom também vivem com eles. Por um tempo, toda a casa estava vivendo com somente um salário, uma vez que o marido de Mom fora dispensado da clínica dentária onde trabalhava, quando ela fechou devido ao lockdown no país. Eles ainda conseguiram encontrar uma forma de prover uma casa segura para muitos, e Mom está trabalhando com a polícia local para navegar o sistema e encontrar uma forma de manter Luna e seu irmão com sua família.


“Estou ajudando e dando suporte a eles, para providenciar outras oportunidades além das que conhecem até agora,” diz Mom. Ela tem investido tempo perguntando para as crianças o que elas querem fazer, ensinando a elas que têm valor, e mostrando que a vida é importante. “Eles não têm os papéis do governo, não sabem qual sua idade, não tem nada. Mas Deus as ama, e eu também.”


Histórias como a de Luna, infelizmente, são comuns. A OM tem uma pequena equipe de assistentes sociais no Camboja que se envolvem em educação continuada e treinamento com famílias em comunidades empobrecidas. Há uma ênfase na oração e na ajuda prática, e em compartilhar a respeito de como Jesus ajuda em situações onde nós não temos todas as respostas.


*nome alterado por motivo de segurança


A OM está em campanha no mundo inteiro para trazer socorro por impactos causados pelo COVID-19. Sua oferta e orações são muito bem-vindas e necessárias. Acesse www.om.org.br/covid para ofertar para campos em necessidade imediata.

Tradução por Renato Alt

Revisado por Liliane Nascimento

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org