• OM International

Descansando no Deus das segundas chances


#Singapura Alvin ficou estático diante do caos de tubos médicos pendurados à sua volta. “Por quê?”, ele perguntava enquanto permanecia deitado, impotente, na cama do hospital. Como poderia ser isso parte do plano de Deus? Seus pais já haviam reprovado a sua decisão de seguir a Cristo, e agora isso? Por que foi justamente quando ele finalmente disse “sim” para Deus que tudo começou a dar completamente errado?


O jovem governante rico


Alvin cresceu em uma típica casa cingapurana. Seus pais seguiam suas crenças agnósticas e honravam seus ancestrais. O jovem Alvin era um menino curioso, sempre em busca da verdade e da lógica. Já adolescente, ele pesquisou várias religiões e escritos filosóficos, tentando encontrar qual era a única verdadeira religião.


Mas sua decisão de seguir a Cristo não foi baseada apenas na lógica. “Deus, se estás aí,” Alvin disse para Deus numa noite: “existem muitas coisas que eu não entendo. Por favor, faça-se conhecer por mim.” Alvin lembra de sentir o Espírito Santo transbordar em seu coração, e então ele se rendeu a Cristo. Cheio de entusiasmo, o rapaz de 17 anos ingenuamente preparou-se para se tornar o melhor cristão que pudesse ser.


Anos se passaram. Alvin se casou, teve um filho e era ativo em sua igreja. Ele ajudou a facilitar viagens missionárias para a Índia, e foi lá que sentiu o apelo de Deus para que se dedicasse em tempo integral para missões. Mas ele não respondeu de imediato.


“Eu era como o jovem governante rico”, disse Alvin, referindo-se à história que Jesus contou para seus discípulos (Marcos 10:17-27).


E como o jovem governante rico, Alvin tinha zelo por Deus, mas deixar pra trás sua vida de estabilidade e conforto parecia um sacrifício grande demais.


No entanto, Alvin começou a sentir-se despedaçado. Mesmo com o sucesso no trabalho, dele e de sua mulher, a vida estava saindo de controle. Alvin acabou tornando-se um viciado em uma série de coisas para tentar aliviar a dor. No entanto, seu casamento quase se despedaçou, sua mulher sofreu um aborto e, eventualmente, Alvin acabou preso por dirigir sob efeito de entorpecentes.


Descobrindo o Deus das segundas chances


Quando Alvin chegou ao fundo do poço, sabia que só Jesus poderia curar as feridas do seu passado. Enquanto caminhava de volta para Deus, ele recuperou-se dos seus hábitos mundanos, e seu relacionamento com Cristo desabrochou novamente. Deus abençoou Alvin e sua mulher com duas novas vidas para que estivessem completos: gêmeas. Depois de alguns anos, Deus novamente trouxe missões para o coração de Alvin. “Se é o Senhor, Deus”, Alvin orou, “então torne claro esse chamado.”


Navegando pela internet durante sua folga de almoço, Alvin clicou em um link de oferta de emprego na página da OM. Lá, ele viu a vaga para diretor internacional para a Mercy Teams International e percebeu que preenchia os mesmos requisitor graças aos anos de experiência em planejamento corporativo e consultoria de administração. Naquela mesma noite, uma reunião foi agendada, e quando o convite para tornar-se membro da Mercy Teams International chegou, Alvin e sua mulher deixaram seus trabalhos e se juntaram à OM.


Mas enquanto ele se envolvia no ministério em tempo integral, Alvin foi acometido de tuberculose e meningite. Entrando e saindo do coma, Alvin chorou perguntando a Deus por que Ele havia permitido isso em sua vida. Ele sofria com a maneira como isso devia parecer para seus pais, que ficaram contrariados com suas decisões de servir ao Senhor. Somente quando Alvin recuperou-se e começou a servir em países do Terceiro Mundo que seus sofrimentos fizeram sentido.


Ideal para Seu propósito


A paixão que arde no coração de Alvin como um líder de equipe é não só proclamar, mas também demonstrar, o poder transformador de Cristo, através da sua vida no dia a dia e também na maneira como interage com as pessoas.


“Precisamos nos deleitar em nossa identidade com Cristo e em seu amor por nós,” disse Alvin. “Podemos servir mesmo a partir das nossas inseguranças, mas não podemos enganar a Deus. Mesmo assim, Deus segue amando.”


A história da ação de Deus na vida de Alvin fala alto a respeito de segundas chances de como Cristo usa até momentos muito difíceis e aqueles nos quais questionamos nossas vidas para o bem, quando o amamos.


“Deus usou essas coisas para me preparar para o Seu propósito,” disse Alvin. Foi através dos seus problemas de saúde que Deus preparou Alvin para as pessoas a quem ele viria a servir. Sendo de um país privilegiado, parecia muito difícil conseguir interagir com pessoas que mal sabem de onde virá a próxima refeição. Mas ele percebeu que somos todos humanos, caídos e quebrados. Esse foi o ponto de conexão a partir do qual Alvin pôde alcançar aqueles que cresceram numa realidade inteiramente diferente da sua.


Com essa compreensão, 1 Pedro 4:12-13 tornaram-se vivos para ele: “Amados, não se surpreendam com o fogo que surge entre vocês para os provar, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo. Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, vocês exultem com grande alegria.” (NVI)


Tradução por Renato Alt

Revisado por Liliane Nascimento

Texto original aqui.


NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org