De uma mãe missionária


#PenínsulaArábica A aventura para Paola* começou anos antes, quando ela tinha apenas 16 anos. Durante uma conferência de missões, ela viu um mapa do mundo marcado com os lugares menos alcançados. "Partiu meu coração saber que há pessoas que nunca ouviram falar de Jesus, ao menos uma vez em suas vidas.", lembrou ela. "Eu pensei: eu quero ir até essas pessoas que nunca ouviram falar de Jesus e levar as boas novas."


Alguns anos depois, ela conheceu Daniel*. Filho de missionários, ele sabia que queria servir a Deus no exterior. Na verdade, esse desejo mútuo os uniu.


Eles se casaram e tiveram dois filhos. Ao longo de seus primeiros anos como família, Paola e Daniel prepararam seus filhos para um futuro no exterior. Eles falavam muitas vezes do que poderia significar para sua família servir entre pessoas que nunca haviam ouvido falar de Jesus, longe da Argentina.


Então, em 2004, eles aprenderam sobre uma oportunidade no Oriente Médio. "Sempre soubemos que queríamos servir a Deus com nossas profissões", compartilhou Paola.


"Sabíamos que, se trabalhássemos no exterior, poderíamos ganhar dinheiro para viver e, desse modo, não seríamos um fardo financeiro para nossa igreja na Argentina. Pensa