• OM Ships

Compartilhando ajuda e esperança novamente


#Bahamas O evangelismo em terra do Logos Hope terminou com equipes juntando-se para projetos de construção e oferecendo testes de visão para pessoas nas Ilhas Ábaco, nas Bahamas.


Membros da tripulação estão trabalhando lado a lado com a do Pacific Hope, parte da família de ministérios da JOCUM (Jovens Com Uma Missão), entre as comunidades marginalizadas que lutam para se reerguer depois de um furacão devastador.


Isso marca a retomada das atividades públicas para os 300 voluntários do Logos Hope, depois da pausa forçada pela pandemia do Coronavírus. Com a visita planejada para a Europa impossibilitada de acontecer, outros arranjos foram feitos para a manutenção anual do navio, e também um novo itinerário, uma logística complicada, em meio a mudanças quanto a restrições de viagens e medidas de saúde.


A Diretora Administrativa de Engajamento Portuário para Navios da OM, Augusta Davin, disse que os líderes sentiram que a parceria com o Pacific Hope serviu como uma luva: “encontrar outra organização com valores tão similares nesta região foi perfeito. Nossos fundadores foram contemporâneos e temos um grande histórico de trabalho juntos.”


A equipe está animada para voltar à ação, dividindo conhecimento, ajuda e esperança, enquanto obedecem aos regulamentos locais, incluindo toque de recolher e distanciamento social. “O que nós fazemos não mudou. O que mudou foi maneira como fazemos,” disse Augusta, que fez parte de uma equipe posicionada à frente no Pacific Hope, conduzindo os procedimentos em terra para trazer o Logos Hope para Ábaco e conectando com colegas na base.


“Tanto quanto ajuda prática, podemos oferecer a postura de um presença entre as pessoas aqui”, explica Augusta. Durante o seu tempo em isolamento, os membros da equipe receberam treinamento ministerial adicional, que agora podem colocar em prática. “É tudo a respeito de ouvir ativamente”, diz Augusta. “É importante permitir que pessoas nessas ilhas tenham o tempo e o espaço para contar suas histórias e processar seu luto.”


O Logos Hope está ancorado fora da costa da Grande Ábaco, com times de voluntários sendo transportados para a praia por barcos. Quinze membros da equipe estão dando suporte para as clínicas de olhos diariamente, enquanto até 40 estão trabalhando em projetos de construção, incluindo colocar telhados em casas que foram destruídas pelo furacão Dorian no ano passado.


Tradução por Renato Alt

Revisado por Liliane Nascimento

Texto original aqui.

Posts recentes

Ver tudo

NOTÍCIAS