• OM International

Aprendendo a ouvir a voz de Deus


#Argentina Em 2014, Eduardo* (Argentina) tentou ir numa viagem missionária. Mas Deus não permitiu.

Cristão desde criança, seu relacionamento com Deus começou a crescer de verdade por volta dos 16 anos. Quando se formou no ensino médio, ele se inscreveu numa viagem missionária para o Brasil.


Apesar de ter pago pela viagem, todos os documentos de Eduardo desapareceram completamente. Como resultado disso, ele não pode ir. “Depois disso, eu deixei missões de lado. Mas ano passado, comecei a me aprofundar em minha caminhada com Deus e com a Sua Palavra. Ele começou a me atrair novamente para missões. Foi aí que decidi que queria ir numa viagem de curto prazo,” compartilhou Eduardo.


Agora com 23 anos, Eduardo está terminando a faculdade, onde ele estuda design industrial. Ele trabalha num escritório de arquitetura e dá aulas de design. Como professor, ele só tem férias algumas vezes ao ano. Então ele encontrou uma jornada de discipulado de um mês da OM na Namíbia que era exatamente o tempo que ele precisava.


Dessa vez, Deus deixou bem claro para Eduardo que era o tempo dele ir. “Eu duvidei no começo. Me perguntei, Por que ir tão longe quando posso ir para o norte da Argentina e servir Deus ali? Por que ir para o outro lado do mundo? Uma vez eu tirei o dia para orar especificamente por isso e Deus me falou, ‘Você sabe que quer ir e Eu quero que vá. Seu único problema é o dinheiro. Simplesmente se renda.’ Então eu Lhe disse, ‘OK, eu vou.’”

‘Você sabe que quer ir e Eu quero que vá. Seu único problema é o dinheiro. Simplesmente se renda.’ Então eu Lhe disse, ‘OK, eu vou.’”

Duas hora depois, Eduardo recebeu um telefonema dizendo que ele havia sido incluído novamente no plano de saúde dos seus pais, o que significava que ele iria poupar um dinheiro todos os meses. A quantia que ele iria poupar era exatamente o quanto ele precisava para a sua viagem à Namíbia.


“Eu não recebi uma oferta da igreja ou de ninguém; Deus organizou tudo de um jeito diferente,” Eduardo compartilhou. “Deus poderia ter me dado o dinheiro para essa viagem de qualquer maneira possível, mas Ele escolheu fazê-lo na área que eu mais estava sendo egoísta. Foi algo profundo para mim - o jeito que Ele fez, não só Ele ter feito!”


Eduardo comprou a passagem de avião no dia seguinte, e alguns meses depois, se juntou à sua equipe na Namíbia onde ele iria passar o mês viajando ao redor do país. Além de compartilhar do amor de Deus com pessoas na Namíbia, os participantes também estavam aprendendo sobre diferentes áreas de crescimento e desenvolvimento espiritual. “Essa foi uma jornada de discipulado baseada em Lucas 24, onde confiamos em Deus para nos guiar. Pessoalmente, trabalhamos bastante com nossa cura interior, aprender a ouvir a voz de Deus, e como ministrar para outras pessoas. Aprendemos uma grande maneira de ministrar cura na vida de outras pessoas através de oração,” Eduardo continuou.


“É uma ferramenta incrível que na verdade eu estou usando em minha vida de volta na Argentina. Aprendemos também sobre como guiar pessoas a Deus e coisas básicas a ensinar, dizer e fazer quando guiar alguém a Cristo.”

Durante a viagem, Eduardo e sua equipe viram Deus falar e fazer coisas incríveis, tanto neles e através deles no ministério. “Uma vez, quando estávamos na costa,” disse Eduardo, “Comecei a pedir a Deus para nos mostrar onde irmos em seguida. Eu estava um pouco cético, porque estávamos orando e vendo coisas muito diferentes que pareciam não se encaixarem. Uma noite, logo antes de dormir, eu orei, ‘Deus, se o senhor quiser me mostrar algo, por favor, faça.’ E eu O ouvi dizer, ‘Lago O’. Ao mesmo tempo, eu vi uma figura de uma ilha em minha mente, mas não achei que fosse importante.”


“No dia seguinte, compartilhei com minha equipe, ‘Pode não ser nada, mas foi isso que vi noite passada’. No fim, alguém mais tinha visto isso. Então procuramos num mapa e vimos que havia um lago chamado Lago Oanob com uma ilha com o mesmo formato daquela que eu vira na noite anterior.


Deus tinha falado muito claramente com ele. “Aquela experiência foi algo que eu não estava acostumado antes daquela viagem, mas agora já estou melhor.”


“Outra vez,” Eduardo continuou, “Estávamos ministrando para alguns fazendeiros e suas famílias. Um deles Tuli*, orou com meu colega e duas horas depois recebeu uma resposta do Senhor. Foi uma resposta que ela estava esperando por dois meses. Tuli foi para a fazenda e falou para todos virem e receberem orações. Em vez de seguir com nossa programação normal, oramos e perguntamos o que Deus queria que eles ouvissem.”


“Depois de orarmos, sentimos que precisávamos compartilhar sobre a parábola das sementes. Então o fizemos. Foi incrível ver como eles entenderam tanto de uma simples parábola. Aprendi tanto sobre essa história a partir dessa experiência. Eu não entendi muito sobre isso antes e não percebi que era tão significativa.”


Agora, Eduardo está de volta à sua vida normal na Argentina: trabalhando nos seus dois empregos enquanto termina seus estudos na universidade, onde ele espera se graduar em dezembro. As coisas que ele aprendeu na Namíbia agora são parte de sua vida diária em casa. “Durante a viagem, aprendi bastante sobre como me comunicar com Deus, me relacionar com Ele de uma maneira bem mais profunda e qual o som da Sua voz. Apesar de que várias vezes durante a minha vida, eu O ouvi falar,” compartilhou Eduardo, “na Namíbia, eu pude ver mais claramente sobre como Ele falou comigo no passado. Posso ver momentos da minha vida onde Deus falou claramente, mas não percebi. Estou vivendo hoje de uma maneira mais profunda, agora que posso reconhecer a Sua voz. É muito mais real agora.”


No geral, Deus o ensinou mais sobre o Seu coração e o Seu reino, compartilhou Eduardo. “Aprendi bastante sobre como uma família deve funcionar - tanto a espiritual quanto a física. Deus ministrou bastante a nós sobre isso e nos revelou o Seu coração por relacionamentos e famílias. Ele curou bastante coisa na minha vida e aprendi como Ele trabalha dessa maneira para que eu possa ministrar a outras pessoas. Também aprendi mais sobre dons espirituais; não teoricamente, mas de maneira prática. Todos os dias, estávamos vivendo novos dons e um novo conhecimento espiritual sobre dons, por causa do nosso treinamento em discipulado.”


Eduardo agora usa o que aprendeu nessa viagem missionária em sua vida e em casa. Quanto ao futuro, ele planeja continuar a servir a Deus em outros países. “A missão desse ano é terminar a universidade e, no futuro próximo, gostaria de ir em outra viagem de curto prazo para receber mais treinamento enquanto ministro no campo. No fim, espero sair de longo-prazo em alguns anos.”


A Jornada de Discipulado de Lucas 24 na Namíbia parece ser algo para o qual Deus está te chamando? Envie um e-mail para global.challenge.br@om.org e receba mais informações!


*Nome alterado por questões de segurança.


Por Kate Toretti

Tradução de John H.

Texto original aqui.

NOTÍCIAS

INSPIRE-SE

Notícias de Missões

Blog

CONTATO

(12) 3945-0047

comunicacao.br@om.org

CONTRIBUA

Online, clique aqui

Depósitos:

Banco Bradesco

Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.311-4

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Twitter Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

Copyright 2020. Operação Mobilização Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org