Turnê de missões de mobilização


Por Nicole James

Tradução de Rodrigo Mendes

Revisão de Jéssica Ferri

Um medo incapacitante de elevadores, um relacionamento romântico terrivelmente ruim e um instantâneo da Copa do Mundo de 2006 - você nunca ouviu "Pray, Give, Go" assim antes. Quando os funcionários da OM Naemi Siemens (Alemanha), 18, Casey Sbrana (EUA), 24, e Timothy Tai (Reino Unido / Malásia), 38, iniciaram uma turnê de mobilização de 7 mil quilômetros em 5 semanas por toda a Argentina, eles usaram testemunhos pessoais e analogias únicas para ajudar igrejas e grupos de jovens a entender a importância das missões globais.

A turnê de mobilização, de 11 de janeiro a 16 de fevereiro de 2018, foi um protótipo e uma resposta a orações, de acordo com o líder de campo da OM Argentina, Markus Leder. "Sabíamos que queríamos fazer equipes itinerantes e mobilização, mas nunca o fizemos", admitiu ele. Quinze anos depois que ele e sua esposa Vanesa se mudaram para um subúrbio de Buenos Aires, capital da Argentina, com três novos membros de equipe chegando e as férias anuais de verão se aproximando - tradicionalmente o período mais difícil para Markus preencher o ministério - “foi o momento certo para fazê-lo".