• Esther Hippel

Faminto pela Palavra de Deus


Por Esther Hippel

Tradução de João Marcos Hansen

No início do ano, enquanto trabalhadores da OM entregavam pacotes de comida para pessoas necessitadas nos distritos pouco alcançados do nordeste da Moldávia, eles experimentaram uma abertura encorajadora para a palavra de Deus.

Em um vilarejo, um trabalhador da OM reconheceu uma das senhoras. Eles tinham se conhecido numa campanha evangelística naquela região no verão passado. Dessa vez, essa senhora, além de receber a comida que a OM ofereceu, também queria receber uma Bíblia e ela e o trabalhador da OM tiveram a oportunidade de falar mais sobre como a palavra de Deus transforma vidas.

“Eu senti de ler Filipenses 4:4-7 com ela sobre se alegrar no Senhor, entregando nossos pensamentos ansiosos a Ele através da oração e de ações de graças e como a paz de Deus vai além de todo o nosso entendimento,” compartilhou o trabalhador da OM. “Quando eu parei no versículo sete, ela continuou lendo até o fim do capítulo. Ela tinha um grande desenho de ler a Palavra de Deus.”

Como não há igrejas locais para formar parcerias nessas comunidades, a OM geralmente apela para as autoridades locais, e, ao longo dos anos, tem conseguido desenvolver conexões e parcerias valiosas com prefeitos e assistentes sociais. Durante uma das visitas da OM, um prefeito convidou a equipe para um momento juntos no seu escritório com chá e biscoitos. A equipe usou a prefeitura local para distribuir pacotes de comida, transmitiu uma mensagem para as pessoas reunidas e lhes ofereceu uma Bíblia. Eles tinham Novos Testamentos disponíveis pra qualquer um que quisesse levar um e foram encorajados ao ver quantas pessoas desejavam levar não apenas o seu pacote de comida pra casa, mas também a Palavra de Deus.

Em um desses lugares, uma mulher em particular permaneceu por mais tempo, esperando até que a última pessoa de sua comunidade tivesse saído do local para pegar uma Bíblia secretamente. Ela queria ter a própria Bíblia. No entanto, tinha medo que o padre da igreja Ortodoxa na qual ela estava envolvida ativamente ficasse sabendo. Na igreja Ortodoxa, as pessoas eram instruídas a não lerem a Bíblia, mas apenas ouvir as mensagens através do padre na igreja. A filha da mulher com 12 anos de idade também estava bastante entusiasmada em receber a Bíblia e no dia seguinte disse que já havia lido as primeiras cinco páginas. Ela acabou levando a Bíblia para a escola e compartilhando com os seus amigos.

No vilarejo de Cobîlea, onde a OM tem um ministério, uma senhora que a equipe visitou levando comida também quis receber uma Bíblia. Como a equipe não tinha nenhuma Bíblia com eles, uma das garotas prometeu voltar e trazer uma depois e deu seu número de telefone para a mulher. Ela não conseguiu retornar por um ou dois dias - e logo começou a receber várias ligações da mulher lhe perguntando quando ela viria trazer a Bíblia. Quando a Bíblia finalmente chegou nas mãos da mulher, ela estava muito empolgada e começou a ler imediatamente. Pouco tempo depois, uma equipe ouviu falar que ela estava fielmente lendo três páginas por dia. Ela lhes disse que teriam que trazer uma Bíblia para sua neta que começou a lê-la também e havia dito à sua avó, “Eu não consigo dormir, fico pensando a respeito do que eu li!”

Texto original aqui.

O papel da OM na Igreja é mobilizar pessoas para compartilharem o conhecimento de Jesus e seu amor com cada geração em cada nação. A OM é pioneira e lidera iniciativas para resgatar vidas, reconstruir comunidades e restaurar um objetivo em mais de 110 países.


NOTÍCIAS

Av. Dr. Mário Galvão, 198 - Jd. Bela Vista - São José dos Campos - SP - CEP:12.209-004

 Tel: +55 (12) 3945-0040           (12) 98118-0661

Para ofertas: Banco Bradesco - Agência 0225-9 - Conta Corrente 20.310-6

Copyright 2018. OM Brasil. Todos os direitos reservados. comunicao.br@om.org