A mulher do poço


Por OM International

Tradução de Rodrigo Mendes

A Igreja tem cumprido ativamente o mandamento do Senhor em Marcos 16:15 para "... proclamar o evangelho a toda a criação" (ESV). As Bíblias estão sendo traduzidas para diferentes línguas, os missionários vão ao menos alcançados e as pessoas estão encontrando esperança em Cristo. No entanto, apesar de todos esses esforços ainda há muitas pessoas que nunca ouviram o evangelho ou o nome de Jesus.

Embora a Rússia seja predominantemente um país cristão, muitos grupos étnicos vivem uma necessidade desesperada do evangelho. O povo tártaro é um antigo grupo nômade turco que vive principalmente na Rússia. Mais de cinco milhões de tártaros dentre os seis milhões e meio da população tatar vive nas fronteiras russas. Sua religião é tradicionalmente o islã com alicerces no islã sunita.

As igrejas locais, em cooperação com a OM, trazem as boas novas para aqueles que nunca ouviram falar de Jesus Cristo. Uma das missionárias* que participaram de um evangelismo em algumas aldeias menos alcançadas compartilha sua experiência:

Quinta-feira de manhã, 07:17h. Uma reunião de oração tranquila da igreja. Já estamos a meio caminho da nossa viagem de uma semana e o cansaço está se aproximando. Depois do evangelismo e dos milagres do dia anterior o espírito está muito disposto, mas a carne é tão fraca. Eu me esforcei para ouvir os doces tons do gentil russo que lidera o culto, mas meus olhos estão cansados. Para mantê-los alertas eu decido ler minha passagem bíblica para o dia que começa em João capítulo 3 e, lenta, mas seguramente, até o final de João capítulo 4. Deus, me mostre algo para hoje. Fale comigo Senhor, eu oro. Estou com fome de mais após vê-Lo trabalhar poderosamente esta semana. Eu só quero mais. A história da mulher no poço pula da página. Eu me perguntei qual seria a possível aplicação que essa passagem poderia ter para o ministério de hoje, mas guardei-a no meu coração de qualquer maneira.